Paella ou Arroz

Oi pessoal!
Hoje vamos falar sobre a Paella, um prato surgido na Espanha e que mistura arroz e frutos do mar.

A Paella (em castelhano e catalão) é um prato à base de arroz, típico da gastronomia espanhola e que tem as suas raízes na comunidade de Valência – daí que em Portugal seja comummente conhecido como Arroz à Valenciana.
foto: divulgação
Surgiu na Espanha, nos séculos XV e XVI, na região de Valência, mais especificamente na região de Albufera, região de grandes arrozais e de grande produção de verduras frescas. Originalmente um prato popular, foi criada pelos camponeses que partiam para o campo com a paellera ou paella, arroz, azeite e sal e agregavam ingredientes da caça, legumes da estação e as sobras que possuíam. O tomate só foi acrescentado posteriormente, trazido da América por Cristóvão Colombo, e o frango, que era muito caro para os padrões da época.
Recipiente usado para a paella

O prato é chamado paella devido à paellera ou paella valenciana, uma espécie de frigideira, de ferro ou aço, onde são preparados vários pratos da culinária valenciana, como o arroz negro e o fideuá. A paella ou paellera, é uma frigideira rasa e grande (diâmetro mínimo de 30 cm), com duas alças. O formato da paella favorece o cozimento do arroz por igual.
O nome Paella vem do latim “Patella”, espécie de bandeja usada na Roma antiga, onde eram colocadas as oferendas aos Deuses, em rituais de fecundação da terra.

Variações
Há diversas receitas, mas a autêntica paella valenciana é a união de vários alimentos característicos da região: arroz, frango, coelho, pato, garrofó, tabella e ferraura – variedades autóctones de feijão -, tomate, azeite e açafrão (que dá a cor amarela característica do prato). Ocasionalmente pode se adicionar alcachofras e caracois, alguns também adicionam ervilhas.
foto: divulgação
Paella de marisco
Com a difusão da paella pela costa, foram acrescentados frutos do mar: choco, camarões, lulas, lagostins, vôngoles, mexilhões, e polvo, tornando-o um prato misto (terra e mar).
Em suas diferentes variações, encontram-se ainda as “paellas marineras” (peixe e frutos do mar)e a “paella negra”, com tinta de lula.
No Brasil, normalmente é feita com frutos do mar.
Preparo
A comunidade valenciana sempre associou a paella a um evento festivo. Devido a sua preparação laboriosa e a seus ingredientes serem um luxo para a maioria da população, durante muito tempo, quando havia uma festa, a paella era o prato escolhido. É tradicionalmente cozida em um fogo à lenha, preferencialmente ao ar livre e normalmente preparada pelo homem.
Curiosidade
Em Sevilha, este prato suntuoso é servido cada vez menos como um prato gastronômico nos restaurantes da cidade, mas apenas industrializado, congelado e comercializado sob o rótulo Paellador, que privilegia as porções individuais e que não tem nada de comum com o “knowhow” da cozinha espanhola.
RECEITAS

PAELHA TRADICIONAL VALENCIANA
Ingredientes para 04 pessoas:
400 g de arroz parbolizado (sem lavar)
06 colheres (sopa) de azeite puro de oliva
250 g de frango
250 g de coelho
250 g de costeletas de porco
01 tomate grande maduro sem pele
100 g de vagem
01 pimentão vermelho ou amarelo
03 dentes de alho grandes socados
½ cebola média picada
100 g de ervilhas frescas
1,2 litros de água ou caldo de legumes
Tempero para paelha da marca Cepêra
Preparo:
Corte as carnes em pedaços pequenos, limpe a vagem e corte em pedaços médios, reserve 
o pimentão cortado em tiras médias.
Salgue um pouco as carnes (não esqueça que o sal você deverá colocar na água do arroz)
e frite no azeite levemente.
Junte a cebola, o alho, o tomate picado e refogue por alguns instantes.
Acrescente a água e deixe cozinhar por 15 minutos.
Coloque então o arroz e mexa para uniformizar, enfeite com o pimentão por cima e deixe
cozinhar até a água secar.
OBS.: Se usar ervilhas de lata, coloque-as escorridas quase no final do cozimento
Cubra com papel alumínio por no mínimo 10 minutos e bom apetite.
PAELHA MARINHEIRA (OU FRUTOS DO MAR)
Ingrediente para 04 pessoas:
1 kg de vongoli fresco (vivo)
½ kg de mexilhão (pode ser aquele que já vem limpo com ½ casca) ou vivo, se preferir
250 g de lulas limpas cortadas em anéis
300 g de camarão médio com casca e cabeça (só cortar as antenas)
3 a 6 camarões grandes (ou lagostim) para enfeitar o prato
01 pimentão vermelho
250 g de cação cortado em iscas (opcional)
400 g de arroz parbolizado (sem lavar)
03 alhos socados
½ cebola média
06 colheres (sopa) de azeite puro de oliva
01 tomate grande picado (sem pele e sem sementes)
Tempero para paelha da marca Cepêra
1,2 litros de água ou caldo de mariscos
Preparo:
Lave bem os vongolis vivos (3 vezes), cozinhe em panela comum e assim que levantar fervura, retire com uma colher grande ou escumadeira o que puder da espuma que se formar sobre os mariscos e jogue fora. Assim que esfriar, coe e reserve a água do cozimento para o preparo da paelha (não mais que 1,2 litros). Descarte a metade da casca vazia do marisco e reserve a outra. Faça o mesmo procedimento com o mexilhão (se for vivo). Refogue a cebola , depois o alho, a lula e o tomate. Coloque 1,2 litro da água reservada (já aquecida) do marisco e salgue a gosto e coloque o tempero para paelha da marca Cepêra. Coloque o camarão e o peixe e deixe cozinhar por 10 minutos. Retire os camarões grandes e coloque o arroz, misture, recoloque com os camarões grandes e o pimentão cortado em tiras para enfeitar e não mexer mais. Deixe cozinhar até secar toda a água e então desligue o fogo e cubra com papel alumínio por no mínimo10 minutos. Acompanhe com um bom vinho e bom apetite.

fonte: Wikipédia

12/4: Dia do Frete Grátis!

Oi pessoal, bom dia!
Vamos aproveitar esse dia 12/4 para participar do Dia do Frete Grátis!
Estamos participando apenas para as regiões Sul e Sudeste, todos nossos produtos e qualquer modalidade de entrega que você preferir!
Para os demais Estados e Regiões, continua válido a promoção Frete Grátis para modalidade PAC para compras acima de R$ 299,00.
Acesse: www.mundocheff.com.br e aproveite!
Equipe Mundo Cheff